A Toyota da beleza no Brasil

A Toyota Tsusho, empresa do grupo Toyota e uma das maiores tradings to Japão com receita superior a US$ 70 bilhões, decidiu investir no mercado brasileiro de beleza. O grupo firmou uma parceria com o cabeleireiro de celebridades Celso Kamura, que tem a presidente Dilma entre suas clientes. O primeiro resultado do acordo foi a criação do salão Celso Kamura Express no Shopping Ibirapuera, a ser inaugurado hoje e voltado para as classe B e C. A ideia é criar uma rede de salões, dependendo do resultado do empreendimento. Em uma segunda fase, a trading pretende vender maquiagens no Brasil. Kamura vai endossar a marca e os produtos serão importados do Japão. Novamente, a ideia é atingir o maior público possível, portanto as classes B e C. A empresa que vai comercializar os produtos, a TBP (Toyota Tsusho Beauty Project), já abriu seu escritório no bairro Paraíso em São Paulo e aguarda autorização da Anvisa para começar a importar.

O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2012 | 02h09

Com investimentos provenientes, em sua maioria, do setor de metais, químicos e eletrônicos, a Toyota Tsusho pretende diversificar suas áreas de atuação - e a beleza é um dos alvos. Ao mesmo tempo, as receitas estão concentradas no Japão e na região da Ásia-Pacífico. Neste ano, a trading elegeu o Brasil e a Índia como prioridades para o crescimento.

BR FOODS

Ceia farta, mas com

novas marcas

Esse vai ser o primeiro Natal da BRFoods sem algumas de suas principais marcas. O Fiesta da Sadia, rival do Chester da Perdigão, foi vendido para a Marfrig. O Tender da Perdigão e o Peru Batavo são outras baixas na ceia natalina da empresa. Para compensar as perdas, que fazem parte de um acordo feito com o Cade após a fusão entre Sadia e Perdigão, a BRFoods lançou 30 novos produtos para as festividades do fim do ano. A expectativa é que as novidades representem 10% da receita do Natal.

THE ECONOMIST

Embaixador da AL

Jaime Ardila, presidente da General Motors América do Sul, está em Paris, na França, e participará, na quarta-feira, de evento anual da revista The Economist. Vai apresentar a executivos de grandes companhias e potenciais investidores globais os atrativos da América Latina e, em especial, do Brasil. Ardila foi o único brasileiro convidado para se apresentar no evento.

TELEFONIA

Parte ruim da viagem

Conexão instável e as excessivas tarifas de roaming foram mencionadas como as principais frustrações dos usuários durante suas viagens, segundo um levantamento do TripAdvisor, um dos maiores sites de viagens do mundo. A pesquisa foi feita entre os dias 10 e 18 de outubro com 2,3 mil participantes, só no Brasil. A linha que cai toda hora foi apontada por 63,7% dos pesquisados. A altas tarifas de roaming, por 57% deles.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.