bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

A380, maior avião do mundo, faz primeiro vôo comercial

Alguns passageiros pagaram dezenas de milhares de dólares pelos assentos do primeiro vôo do A380

PATRÍCIA FORTUNATO, Agencia Estado

25 de outubro de 2007 | 14h14

O maior avião do mundo fez história hoje ao concluir seu primeiro vôo comercial. O A380 da Airbus, com 455 passageiros a bordo, saiu de Cingapura e aterrissou em Sydney, na Austrália. Alguns dos passageiros abrigaram-se em suítes de luxo.O A380 da Cingapura Airlines decolou do aeroporto de Changi sem qualquer problema e pousou cerca de sete horas mais tarde em Sydney, inaugurando uma nova era na história das viagens aéreas. Também a bordo da aeronave estava uma tripulação de cerca de 30 pessoas, entre as quais quatro pilotos. Um quarteto de cordas deu adeus aos passageiros no aeroporto de Changi e um trio de jazz os recepcionou na chegada.Os passageiros aplaudiram o superjumbo quando ele decolou, às 8 horas (horário local), de Changi. Mais aplausos surgiram 16 minutos depois, quando o avião de dois andares, movido por quatro motores Rolls Royce Trent 900, atingiu uma boa altitude em um céu quase sem nuvens.Os comissários de bordo deram champagne e certificados para os passageiros - alguns destes pagaram dezenas de milhares de dólares em um leilão online pelos assentos do primeiro vôo do A380."Eu nunca estive em nada deste tipo no ar em toda a minha vida", disse o australiano Tony Elwood, que viajou na suíte de primeira classe. "Isto fará tudo que vier depois simplesmente horrível", disse. Após ter pago US$ 50 mil por dois lugares, o seu e da esposa, ele teve direito a champagne Dom Perignon almoçou lagosta marinada e sopa de frango em banho-maria.O avião de dois andares acaba com um reinado de quase 37 anos do Boeing 747, até então a maior aeronave de passageiros do mundo. A Airbus, fabricante do A380, diz que o novo modelo também é o mais eficiente em consumo de combustível, e o jato de passageiros mais silencioso que já foi construído, tanto interna quanto externamente.Após 18 meses de atraso e bilhões de dólares em custos extras, o A380 foi entregue para a Cingapura Airlines em 15 de outubro. A companhia disse, porém, que a espera valeu a pena. Ela terá exclusividade em vôos com a aeronave por dez meses.A Cingapura Airlines vendeu a maioria dos assentos do vôo inaugural em um leilão no eBay e levantou US$ 1,26 milhão para obras de caridade. O maior lance foi de pouco mais de US$ 100 mil, por duas suítes. O passageiro, de nome Julian Hayward, foi o primeiro a embarcar.Representantes da companhia informaram que, dos 455 passageiros, 11 instalaram-se em suítes - uma delas foi mantida vazia para que pudesse ser observada pelas outras pessoas a bordo. As informações são da AP, citada pela Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.