Abav quer criar seguro de viagem contra falência

A Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav) apresentou ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça, proposta de criação de um seguro de viagem, destinado a cobrir risco de falência de empresas de turismo. A reunião, segundo a Assessoria de Imprensa do DPDC, contou com a presença de representantes do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur).Pela proposta, os clientes das agências de viagem poderão ter que pagar mais para garantir o passeio que contrataram sem correr o risco de perder o investimento, como ocorreu recentemente com os clientes da Soletur, por ocasião da falência da empresa.O DPDC ficou de analisar a proposta, que receberá pareceres dos diversos Procons do País. De acordo com assessores do DPDC o valor do seguro ainda não está fixando, mas deverá variar entre R$ 5,00 a R$ 10,00 por cliente. A idéia é que o seguro seja optativo, ou seja, faz quem quiser.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.