Abdib: novas concessões darão impulso ao PAC em 2008

A Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de Base (Abdib) avalia que a opção do governo federal de conceder novos empreendimentos de infra-estrutura à iniciativa privada dará impulso ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em 2008. A entidade destaca que no balanço de um ano do programa, divulgado hoje, foram anunciadas as datas e as perspectivas de novas concessões para investimentos em ferrovias, estradas, geração e transmissão de energia elétrica, petróleo e gás natural.Em nota o presidente da associação, Paulo Godoy, lembra que a iniciativa privada já demonstrou, em 2007, que tem um potencial para participar do desenvolvimento de todos os mercados de infra-estrutura. "Com regras claras e estáveis, com modelos competitivos, o setor privado assumiu diversas concessões, com ganhos evidentes e substantivos tanto para o poder público quanto para a sociedade em geral", disse.Para 2008, o governo federal anunciou a realização de novas concessões no setor de rodovias. Marcou, para 31 de julho, o leilão do complexo rodoviário formado pela BR-116 e BR-324, envolvendo 637 quilômetros de estradas. Além disso, se comprometeu a conceder mais dez trechos rodoviários em duas fases - até novembro de 2008 e até abril de 2009 -, totalizando mais 4.059,5 quilômetros e inaugurando a terceira fase do programa federal de concessões no setor.Outra boa notícia, na avaliação da Abdib, foi a retomada do plano de concessão de ferrovias, envolvendo a construção de novos trechos. O governo federal se comprometeu a desenvolver, durante 2008, todas as ações necessárias para conceder à iniciativa privada novas ferrovias com bitola larga e um novo trecho da ferrovia Norte-Sul, até cidade de Rubinéia, em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.