Abear: demanda doméstica por aéreas cresce 8,2% em abril

A demanda doméstica por transporte aéreo cresceu 8,2% no mês de abril, na comparação com o mesmo período do ano passado, informou nesta quinta-feira, 22, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). A oferta doméstica, por sua vez, teve redução de 1,6%, na mesma comparação. Com isso, a taxa de ocupação avançou 7,2 pontos porcentuais e alcançou 79,5%, batendo recorde para o mês. O número de passageiros embarcados em abril somou 6,4 milhões, alta de 2,2% frente abril de 2013.

LUCIANA COLLET, Agencia Estado

22 de maio de 2014 | 11h52

"A demanda foi acima do que se esperava, enquanto a oferta segue disciplinada. As aéreas não estão correndo para colocar mais voos, isso faz com que o aproveitamento deles (load factor) aumente bastante e bata recordes históricos sucessivos em março e abril", explicou o consultor da Abear, Maurício Emboaba.

A Abear reafirma que entre os principais motivos para o crescimento da demanda está a antecipação dos compromissos corporativos, como feiras e congressos, por causa do calendário de eventos, com destaque para a Copa. Em abril, a TAM seguiu com a maior fatia do mercado, de 38,8%, a Gol com 36,4%, Azul com 16,9%, e Avianca com 7,9%.

No mercado internacional, a demanda cresceu 5,7% em abril, frente a igual etapa do ano passado, enquanto a oferta recuou 4%, levando a taxa de ocupação a aumentar 7,6 pontos porcentuais, para 82,8%. Nesse mercado, TAM tem 85,6% de participação, entre as companhias nacionais, enquanto Gol fica com os 14,4% restantes.

Tudo o que sabemos sobre:
Abeardemandaabril

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.