Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Abertura de capital na bolsa movimenta o Venture Forum

Pelo menos 25 investidores conversaram com representantes de empresas que buscam se lançar na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), durante o 7º Venture Forum Brasil, que termina hoje em São Paulo. O evento é promovido pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), agência de fomento à inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).Pela primeira vez, o Venture Forum contou com empresas que estão na chamada fase 2, ou seja, querem abrir capital. São empresas que se caracterizam por investir em pesquisa e desenvolvimento com fins de inovação, para se diferenciarem no mercado. Quatro empresas expuseram os planos e metas para potenciais investidores nos dois últimos dias do evento. Participaram das rodadas de negociações, promovida pela Finep em parceria com a Bovespa, as empresas Alusa, Bematech, Lupatech e Datasul. As rodadas de negociações são uma primeira oportunidade para as empresas se tornarem conhecidas pelos potenciais investidores.A Alusa é uma empresa especializada em construção e montagem de sistemas de energia e telecomunicação. Em 1998, incorporou a Cavan, tornando-se a maior fabricante de produtos de concreto pré-fabricado para os setores de energia e transportes. Em 1994, transformou-se em operadora de redes de banda larga para distribuição de sinais de TV por assinatura, internet em alta velocidade e serviços agregados de transmissão de dados e imagem. No setor de energia, focou as atividades na operação de linhas de transmissão de extra e alta tensão.A Bematech trabalha com automação comercial e bancária. Fundada em 1990, cresceu ao produzir mini-impressoras para o mercado varejista e grandes fabricantes, como Itautec, HP, Unisys e IBM. Em 2001, inaugurou uma subsidiária nos Estados Unidos.A Lupatech produz válvulas e equipamentos para automação, movimentação e controle de fluidos, voltados especialmente para o setor de gás e petróleo.A Datasul desenvolve soluções para gestão e relacionamento empresarial e é apontada pela Fundação Getúlio Vargas como a melhor empresa nacional de software empresarial. Tem canais de distribuição na Argentina, Estados Unidos e México.

Agencia Estado,

22 de novembro de 2002 | 15h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.