Abimaq: País ganha 5,1% mais com máquinas e equipamentos

A indústria de máquinas e equipamentos fechou o mês de abril com faturamento bruto real de R$ 6,078 bilhões, aumento de 5,1% ante março. Na comparação com abril de 2013, o faturamento bruto real registrou recuo de 14,5%, informou, nesta quarta-feira, 28, a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). No acumulado do primeiro quadrimestre, o faturamento bruto do setor caiu 10,7% quando comparado com o mesmo período de 2013, para R$ 22,525 bilhões.

CARLA ARAÚJO, Agencia Estado

28 de maio de 2014 | 13h29

O consumo aparente de máquinas e equipamentos atingiu R$ 9,068 bilhões em abril, alta de 2% ante março. Em relação a abril de 2013, houve queda de 15,8%. No acumulado do primeiro quadrimestre, houve uma retração de 8,1% no consumo aparente na comparação com igual período de 2013.

As exportações somaram US$ 1,123 bilhão em abril, alta de 10,9% ante março e avanço de 23,5% ante o mesmo mês do ano passado. No primeiro quadrimestre ante igual período de 2013, as vendas ao exterior cresceram 26,7% e somaram US$ 4,315 bilhões.

Já as importações totalizaram US$ 2,469 bilhões em abril, alta de 5,6% ante março e queda de 10,8% na comparação com abril de 2013. No quadrimestre, as importações recuaram 5,3% ante os primeiros quatro meses do ano passado, para US$ 10,012 bilhões.

O déficit comercial do setor apresentou elevação de 1,5% em abril ante março, para US$ 1,346 bilhão. Na comparação com abril de 2013, houve baixa de 27,6%. No primeiro quadrimestre, o déficit comercial caiu 20,4% na comparação com o mesmo período de 2013, chegando a US$ 5,697 bilhões.

Os dados da Abimaq mostram ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor fechou o mês de abril em 75,7%, superior aos 75,2% registrados em abril de 2013. Em março, o Nuci havia ficado em 75,5%. No mês passado, o setor somou 251.963 empregados, número 0,6% inferior ao auferido em março.

Tudo o que sabemos sobre:
Abimaqvendasabril

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.