finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

ABInBev vai emitir US$ 8 bi em ações para levantar recursos

Objetivo da maior cervejaria do mundo é obter verba para pagar a compra da Anheuser-Busch; papéis caem 5%

Marcílio Souza, da Agência Estado,

24 de novembro de 2008 | 09h36

A maior cervejaria do mundo, Anheuser-Busch InBev (ABInBev), vai emitir 6,36 bilhões de euros (US$ 8 bilhões) em ações com direito preferencial de subscrição, com o objetivo de levantar recursos para pagar a compra da Anheuser-Busch pela InBev, avaliada em US$ 52 bilhões. Serão emitidas 986,1 milhões de novas ações do grupo, a um preço de 6,45 euros cada uma, na base de oito novas ações para cada cinco que os acionistas possuem.   Veja também:  InBev conclui compra da Anheuser e vira maior cervejaria do mundo    A notícia derrubava os papéis da cervejaria em mais de 5% na manhã desta segunda, para 19,50 euros, com os investidores precificando o efeito de diluição no mercado.   Mas os analistas disseram que o desconto acentuado pode encorajar os acionistas a participar da transação, que se estenderá do dia 25 deste mês até 9 de dezembro. A operação, que deverá levantar 6,26 bilhões de euros descontadas as despesas, é apoiada por um investimento de cerca de 2,8 bilhões de euros dos acionistas controladores da ABInBev. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Anheuser-Busch InBev

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.