Abinee: linha branca se compromete com componente local

A Associação Brasileira das Indústrias Elétricas e Eletrônicas (Abinee) diz ter obtido em reunião na sexta-feira um compromisso do setor de produtos de linha branca de adquirir componentes nacionais para a fabricação dos produtos. "Isso foi assumido na frente do ministro da Fazenda", disse Humberto Barbato, presidente da Abinee.

BIANCA RIBEIRO E FRANCISCO CARLOS DE ASSIS, Agencia Estado

29 de junho de 2012 | 20h27

Segundo o dirigente, essa era uma ambição antiga do setor, desde o início da crise em 2009, quando o governo começou a estimular a economia. Desde então, disse, a importação de muitos componentes de produtos de linha branca teve aumento de mais de 300%.

"Os motores importados para máquinas de lavar roupas representavam apenas 1% do mercado, agora já dominam 25%", diz Barbato. Na avaliação dele, a indústria nacional de componentes certamente vai reagir se esse compromisso for cumprido pela indústria.

"É fundamental manter empregos e usar componentes nacionais, elevar o valor agregado nacional e contribuir para toda a cadeia produtiva" complementou.

Tudo o que sabemos sobre:
MantegaIPIABinee

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.