Abinee pede solução rápida para greve na Receita

A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) enviou ontem carta ao secretário da Receita Federal, Everardo Maciel, na qual pede uma rápida solução para a greve dos auditores fiscais, que já dura um mês. Segundo a entidade, as dificuldades na liberação dos produtos estão causando reflexos nas empresas do setor eletroeletrônico, que começam a sofrer descontinuidade em algumas fábricas. A Abinee destaca na carta que, com a greve, também as exportações estão sendo comprometidas. O presidente da Abinee, Carlos de Paiva Lopes, argumenta que o governo federal vem dando ênfase às exportações. A Abinee sustenta ainda estar confiante de que o Governo Federal, diante da gravidade da situação, encontrará uma solução e evitará que a greve dos auditores se prolongue e traga consequências ruins para o país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.