ABN Amro compra o Sudameris

O banco holandês ABN Amro informou na noite desta quarta-feira que fechou o negócio para comprar 94,57% das ações do banco francês Sudamaris. A operação é restrita ao mercado brasileiro. O comunicado do ABN não fala sobre o futuro dos empregados do Sudameris.A nota diz que o negócio "reforça o compromisso com o País, fortalece sua participação no mercado". Segundo a nota, o banco será agora o 4º maior em depósitos e empréstimos e o 5º maior em ativos, de acordo com os números de dezembro de 2002.A aquisição será feita em dinheiro à vista (R$ 527 milhões) e o restante em ações do banco Real no valor de R$ 1,766 bilhão, uma participação de aproximadamente 12,9% no capital do ABN Amro Real. O banco holandês informou ainda que fará uma oferta de compra das ações ordinárias do Sudameris. A expectativa é de que o negócio esteja fechado até o final de junho de 2003.A nota informa que "o Sudameris está no Brasil desde 1910 e era o maior banco estrangeiro no País até a aquisição do Real pelo ABN Amro em 1998. O banco holandês diz que tem "6.280 funcionários, 500 mil clientes e 293 agências".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.