Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Abramat apura queda na venda de materiais de construção

As vendas da indústria de materiais de construção no mercado interno em março caíram 3,9% na comparação com o mesmo mês do ano passado, de acordo com pesquisa divulgada nesta quarta-feira, 23, pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Já na comparação com fevereiro deste ano, as vendas subiram 3,2%. Os dados já descontam o efeito da inflação no período.

CIRCE BONATELLI, Agencia Estado

23 de abril de 2014 | 08h20

O nível de emprego no setor no mês de março apresentou crescimento de 4,5% em relação a março do ano passado. Na comparação com fevereiro ficou praticamente estável, com crescimento de apenas 0,3%.

No acumulado dos três primeiros meses de 2014, as vendas da indústria de materiais de construção cresceram 0,9% em relação ao mesmo período de 2013. Nos últimos 12 meses (abril de 2013 a março de 2014) houve crescimento de 3,0% na comparação com os 12 meses anteriores (abril de 2012 a março de 2013).

O desempenho da indústria vem sendo puxado pela venda de materiais de acabamento, que tiveram alta de 6,3% nos últimos 12 meses, enquanto os materiais básicos subiram 0,9%.

Em nota, a Abramat reconheceu que o crescimento das vendas no primeiro trimestre está bem abaixo da previsão de expansão de 4,5% para o ano de 2014. Com isso, a associação informou que está reavaliando a previsão do faturamento para o ano. A Abramat acredita que há fatores que ainda podem reverter total ou parcialmente o resultado ruim do primeiro trimestre, como o ano eleitoral, retomada de obras da infraestrutura, varejo mais forte, obras dos eventos esportivos, manutenção do credito para o setor imobiliário e para reforma de imóveis.

Tudo o que sabemos sobre:
construçãoAbramatvendasmarço 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.