Abramat: expectativa sobre ações do governo segue alta

As expectativas dos empresários do setor de materiais de construção em relação às ações do governo federal para o setor continuaram crescendo em abril, conforme sondagem realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). O Termômetro Abramat, pesquisa realizada mensalmente pela entidade, apontou que 78% dos empresários têm boas expectativas em abril em relação a esse indicador, ante 77% em março. Em nota, a associação atribui o avanço ao lançamento da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e do "Minha Casa, Minha Vida".

FABIANA HOLTZ, Agencia Estado

27 de abril de 2010 | 15h03

A pretensão de investimentos, no entanto, recuou de 70% das indústrias em março para 66% este mês. Em abril do ano passado, a pretensão era de apenas 37%. Assim como em março, o índice de capacidade utilizada ficou em 87% em abril. Em relação às vendas em março, 97% dos empresários consultados consideraram que abril apresentou um bom desempenho. Mas a avaliação média do desempenho esperado para abril e maio apontou que o otimismo continua forte, com 88% das empresas se demonstrando otimismo.

Tudo o que sabemos sobre:
construçãoAbramatexpectativa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.