Academia de ginástica com sobras de guerra faz  sucesso na Ucrânia

Moradores de Kiev inventaram um jeito de ficar em forma sem ter de pagar mensalidades no fim do mês

Égon Rodrigues, especial para Estadão,

05 de julho de 2013 | 16h55

SÃO PAULO - Muitos frequentadores de academia adoram gastar energia nos aparelhos de ginástica, mas não gostam muito dos preços que precisam pagar ao fim de cada mês. Na cidade de Kiev, na Ucrânia, a população inventou uma academia que tem praticamente tudo o que é preciso para se ficar em forma sem nenhum custo.

A academia de Kachalka foi criada em 1970 pelo ginasta polonês Kasmir Jagelsky e pelo professor de matemática Yuri Kuke. Eles usam pneus como sacos de pancadas, pesos acorrentados ao chão e cordas com peças de ferro e madeira.

Os aparelhos são feitos a partir de peças de máquinas e veículos antigos. Em boa parte, materiais descartados durante a Guerra Fria, segundo reportagem publicada pelo jornal britânico Daily Mail.

Com mais de 200 máquinas para diferentes de exercícios, todos improvidados artesanalmente, a academia mais parece um ferro velho do que um centro de fitness.

A academia de Kachalka não é para aqueles que correm em esteiras enquanto assistem televisão. Nem para aqueles que contam calorias em aparelhos e aproveitam uma sauna ao final do treino.

É um espaço para treinos do tipo "hardcore", sendo muito frequentado por pessoas que já praticam musculação e outros esportes há um bom tempo. Pessoas realmente fortes, mais especificamente.

Pessoas de todas as idades aproveitam gratuitamente os aparelhos rústicos ao ar livre. Alguns dos aparelhos chegam a ser mais parecidos com máquinas de tortura enferrujadas.

A academia ucraniana lembra a academia de praia da Califórnia fundada pela Administração para o Progresso do Trabalho na década de 30. Este órgão foi criado pelo governo norte-americano durante a Grande Depressão, para empregar o maior número de pessoas em projetos para beneficiar as comunidades atingidas pela crise.

Foram instalados equipamentos de exercícios em Santa Monica, na Califórnia. A academia era uma área de treino para famosos fisiculturistas.

O nome da academia de Kiev vem da palavra ucraniana 'Kachat', que significa algo como 'treinar pesado'. 

Tudo o que sabemos sobre:
FitnessacademiaginásticaUcrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.