carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Acesso à internet por banda larga cresce 51% no trimestre

Banda larga móvel, pelas redes de 3G e 4G, liderou a expansão dos acessos no País  

Circe Bonatelli, Agência Estado

30 de abril de 2014 | 16h44

O Brasil fechou o primeiro trimestre de 2014 com 145,6 milhões de acessos em banda larga, o que representou um crescimento de 51% frente ao mesmo período do ano passado, segundo levantamento da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) divulgado nesta quarta-feira, 30. Nos últimos doze meses, 49,2 milhões de novos acessos foram ativados, de acordo com a pesquisa.

A banda larga móvel, pelas redes de 3G e 4G, liderou a expansão dos acessos à internet, chegando em março a 123,1 milhões de conexões, com 63% de crescimento em relação a março de 2013. Na banda larga móvel, 107,5 milhões são de conexões de celulares, incluindo os smartphones, e 15,6 milhões são terminais de dados, entre eles modems de acesso à internet e chips de conexão máquina-máquina (M2M).

Na banda larga fixa, os acessos totalizaram 22,5 milhões em março. Desse total, 1,6 milhão de conexões foram ativadas nos últimos doze meses, com crescimento de 7,4% no período.

O levantamento da Telebrasil mostrou que houve expansão na cobertura das redes de banda larga móvel, ativada em 315 novos municípios nos últimos 12 meses. Ao todo, as redes de terceira geração (3G) estão instaladas em 3.648 municípios, onde moram 91% dos brasileiros.

A banda larga pela tecnologia de quarta geração (4G), com velocidade de conexão à internet até dez vezes mais rápida que a 3G, completou neste mês um ano de seu lançamento oficial e conta com 2 milhões de acessos. O 4G está em 99 cidades, que concentram 36% da população brasileira, superando a meta de cobertura das 12 cidades-sede da Copa do Mundo estabelecida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Tudo o que sabemos sobre:
Telebrasilbanda larga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.