Acesso a sites de vendas bate recorde

Pela primeira vez na história da Internet brasileira, 43 em cada 100 usuários únicos residenciais navegaram pelo menos uma vez ao longo do mês em um site de comércio eletrônico. De acordo com pesquisa do Ibope eRatings, o número de internautas que entraram em uma loja virtual em agosto superou ainda o índice do último Natal, até então a melhor audiência do segmento (42,7% do total de usuários ativos). "Isso indica que, neste ano, teremos um Natal ainda melhor", afirma o analista de Internet do instituto, Alexandre Magalhães. Segundo Magalhães, as compras para o Dia dos Pais podem ter influenciado o índice, que chegou a 43,4% dos 7,5 milhões de internautas ativos em agosto. "Entretanto, o comércio eletrônico tem se mostrado cada vez menos sazonal e com conteúdo de praticidade, o que faz com que o número de consumidores cresça constantemente", afirma o analista. "Tanto é que as audiências nunca retrocedem de um mês para outro", acrescenta.No mesmo período, o número de brasileiros com acesso à Internet em casa manteve-se em 14 milhões. E não foi apenas o comércio eletrônico que registrou índice recorde ao longo do mês passado. Mais uma vez, o tempo de permanência de usuários residenciais na Web superou o do mês anterior, chegando à marca de 10 horas e 49 minutos.Em julho, os internautas haviam passado em média 10 horas e 22 minutos conectados. "Não há um fator único para esse crescimento", ressalta Magalhães. "Mas com certeza o aumento na base de assinantes de acesso em banda larga tem influência brutal sobre o tempo de navegação".De acordo com Magalhães, a tendência é de que o tempo de navegação cresça à medida que a base de usuários de Internet rápida aumente. "Por estarem conectados todo o tempo, esses internautas acabam navegando efetivamente mais", explica o analista.A conexão em período integral, entretanto, não distorce os dados da pesquisa, já que o sistema do Ibope desconsidera aqueles usuários que não interagirem com o computador em um período de 30 minutos. No trimestre, o Ibope iniciou, a partir de agosto, a consolidação trimestral da audiência da Internet brasileira.Com a metodologia, explica Magalhães, será possível ter uma visão mais ampla do perfil e do comportamento do internauta no País. "Se somarmos os três meses consecutivos, conseguiremos reportar diversos sites que ficavam com a audiência abaixo da nota de corte apesar de terem tráfego significativo", explica o analista. "No caso do comércio eletrônico, por exemplo, o índice de navegação entre os usuários únicos sobre para 52% se considerarmos junho, julho e agosto", diz.É o caso dos sites nacionais de montadoras, cuja audiência medida nos últimos três meses indica que os internautas brasileiros recorrem à Web tanto quanto os europeus como fonte de informação. "Os sites estão sendo utilizados como instrumento para melhorar a comunicação com o cliente", afirma o analista do Ibope eRatings Marcelo Coutinho. "O internauta não quer saber apenas o preço do veículo, mas informações sobre novos modelos ou sobre o seu carro".Por aqui, de junho a agosto, 611 mil usuários únicos navegaram no site nacional de alguma montadora. De acordo com o ranking do instituto, a líder entre as montadoras, no trimestre, foi a Chevrolet, com 229 mil visitantes únicos.Em seguida, a Fiat registrou a navegação de 209 mil pessoas e a Ford, de 175 mil usuários. "A busca por informações de modelos novos fica evidente quando comparamos a audiência do site da Volkswagen e do novo Fiesta", diz Coutinho. "Enquanto o site do modelo da Ford recebeu 172 mil visitantes no período, o da Volkswagen recebeu 153 mil internautas ", compara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.