Acesso de pequeno agricultor a crédito deve ser facilitado

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosseto, disse hoje, em entrevista ao programa Bom Dia Brasil, da TV Globo, que a liberação de créditos no valor de R$ 5,4 bilhões para a agricultura familiar, que será anunciada hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é o mais completo plano para o setor. Para democratizar o acesso a esses recursos o governo, segundo o ministro, pretende simplificar o credenciamento do pequeno produtor, por meio de um cartão com validade de seis anos. O governo, segundo o ministro, pretende não só ampliar o crédito para a agricultura familiar, como também facilitar a compra desses alimentos, estimular a produção, apostar no processo de qualificação tecnológica e de assistência técnica, além de garantir renda a esses produtores. Com relação às invasões de terras, o ministro disse que o governo está trabalhando para evitar o conflito nesses locais. "Não penso que seja razoável trabalhar com a idéia de que há uma expansão dos conflitos. Temos alguns problemas regionalmente localizados que são importantes", disse o ministro, acrescentando que o governo está trabalhando para acelerar o programa de assentamentos. Para isso, informou, já foram desapropriados 200 mil hectares de terras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.