Acionistas da Iberdrola pedem renúncia da diretoria

Um grupo de acionistas minoritários da empresa espanhola de energia Iberdrola pediu hoje a renúncia do chairman da empresa, Ingo de Oriol, e de toda a diretoria. A iniciativa é da firma de advocacia Ibarrondo-Lamikiz,de Bilbao, que diz representar 6.374 pequenos investidores, representando 6,175% do capital da Iberdrola. Esses acionistas argumentam que Oriol e a diretoria da empresa não levaram em conta seus interesses ao negociar uma fusão com a Endesa. As negociações fracassaram na última segunda-feira. Para os minoritários, o motivo real para o fracasso da tentativa de fusão foi a oposição de grandes acionistas como o Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) e o Banco Bizkai Kutxa (BBK). As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.