Acionistas da Tim aprovam incorporação da Intelig

Decisão foi tomada em assembleia geral que reuniu 88% do capital votante

Anne Warth, da Agência Estado,

30 de dezembro de 2009 | 15h42

Acionistas da TIM Participações aprovaram hoje a incorporação da Intelig. A assembleia geral extraordinária (AGE) realizada nesta manhã reuniu acionistas representando cerca de 88% do capital votante. Eles aprovaram por unanimidade e sem restrições o documento protocolo e justificação de incorporação da Holdco, controladora da Intelig Telecomunicações, de forma que a TIM passa a deter 100% do capital social da operadora de telefonia fixa.

 

Cada cota de Holdco será substituída por aproximadamente 0,01431 ação ordinária e 0,02770 preferencial da TIM, resultando assim na emissão de 43.356.672 novas ações ON e 83.931.352 PN. A Holdco é uma sociedade limitada, com capital dividido em cotas de titularidade da JVCO Participações. O patrimônio líquido da Holdco será incorporado a valor contábil, com data base de 30 de novembro de 2009, no montante de R$ 516,724 milhões. O aumento de capital nesse valor também foi aprovado hoje, sem restrições.

 

Conforme a ata da AGE, a incorporação não confere direito de recesso aos acionistas da TIM.

A TIM prevê realizar a integração das redes das duas companhias em 100 dias. Os ganhos de sinergias previstos são de R$ 250 milhões com a operação, e a empresa projeta um retorno do investimento em menos de três anos.

Tudo o que sabemos sobre:
TIMbolsaBovespaIntelig

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.