finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Acionistas do RBS aprovam oferta de consórcio pelo ABN

Os acionistas do Royal Bankof Scotland aprovaram com ampla maioria a oferta de aquisiçãono valor de 71 bilhões de euros pelo ABN AMRO, na terceira eúltima aceitação dos investidores no consórcio liderado peloRBS. A proposta pelo ABN foi aprovada por 94,5 por cento dosacionistas que votaram nesta sexta-feira, em número deaceitação bem superior aos 50 por cento necessários. O consórcio de interessados, que inclui o espanholSantander e o belgo-holandês Fortis, fez uma oferta na maiorparte em dinheiro para comprar o ABN, rivalizando com aproposta do britânico Barclays . Caso qualquer uma das ofertas seja aceita, será a maioraquisição de banco na história. Os acionistas do RBS seguem os colegas no Santander e doFortis na aprovação do negócio. A votação do Fortis foiconsiderada a mais propícia a um fracasso, já que o bancoprecisa reunir 13 bilhões de euros em uma emissão de direitos,mas cerca de 90 por cento dos investidores votaram a favor daproposta. Novos temores com o financiamento do Fortis, no entanto,afetaram os preços das ações do ABN nesta sexta-feira, em ummercado preocupado com o crédito, o que gerou uma queda de maisde 11 por cento. O trio de bancos é tido como favorito para vencer abatalha. O Barclays se volta à expectativa de recuperação dassuas ações nos próximos dois meses, já que a proposta é feitaprincipalmente em ações. No entanto, o valor da oferta foi afetado pela fraqueza dospreços das ações de bancos nas últimas semanas, em meio atemores com a exposição aos problemas no mercado definanciamento imobiliário dos EUA.

REUTERS

10 de agosto de 2007 | 13h14

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSBANCOSRBSAPROVA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.