finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Acionistas do Unibanco aprovam fusão com o Itaú

Em assembléia, participantes também aprovaram a relação de troca proposta pelos conselhos de administração

Ana Paula Ribeiro, da Agência Estado,

28 de novembro de 2008 | 13h25

Os acionistas do Unibanco e do Unibanco Holdings aprovaram nesta sexta-feira, 28, a fusão das instituições com o Itaú, conforme decisão anterior de seus conselhos de administração. Durante assembléia, os participantes concordaram com o cancelamento das ações do Unibanco e do Unibanco Holdings em tesouraria, o que será feito após a aprovação da fusão pelo Banco Central (BC). O vice-presidente corporativo e diretor de relações com investidores do Unibanco, Geraldo Travaglia, afirmou que o processo da união foi enviado ao BC há uma semana, mas que não há previsão de quando a autoridade monetária irá autorizar o negócio. Durante a assembléia, os acionistas aprovaram também a relação de troca proposta pelos conselhos de administração e a incorporação dos papéis do Unibanco pelo Itaú S.A. Após a aprovação do processo pelo BC, serão negociadas apenas as ações do Banco Itaú, que passarão a ser denominadas Itaú Unibanco.

Tudo o que sabemos sobre:
ItaúUnibanco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.