Ações: analistas apostam em setores essenciais

Segundo profissionais consultados pela Agência Estado, o foco principal para aplicação em bolsa são papéis das empresas mais beneficiadas pelo crescimento econômico. "As bases nacionais estão fortes e a idéia é escolher papéis com pouca exposição ao cenário externo", afirmou Fábio Alperowitch, diretor da Fama Investimentos, citando os segmentos têxtil, de construção civil e infra-estrutura. Os destaques específicos, segundo ele, compreendem a Confecções Guararapes, Santista Têxtil, a incorporadora Brazil Realty, a Metisa Metalúrgica, a Companhia de Ferro Ligas da Bahia (Ferbasa), a Indústrias Romi e a Magnesita, do ramo de extração cerâmica e material refratário.Para Guilherme Ferle, gestor de renda variável do Banrisul, a melhora na massa salarial irá favorecer também o setor de alimentos, estimulando o consumo de produtos de maior valor agregado. Ele lembrou que empresas da ramo foram prejudicadas no primeiro semestre de 2000 com a quebra na safra do milho, o que elevou os custos de produção. "O cenário deve mudar em 2001, com o aumento da disponibilidade de insumos e o crescimento da produção", comentou. Ferle citou Sadia e Perdigão como principais beneficiadas, mas está reunindo em sua carteira de investimentos somente a primeira, por critérios de negociabilidade dos papéis. O varejo e o setor bancário também foram lembrados. Valmir Celestino, gestor de renda variável do Banco Safra, disse que o setor pode ser um dos mais favorecidos por um crescimento da economia na faixa de 4%. "Nesse sentido, o Pão de Açúcar é a empresa mais bem focada", ressaltou. Em relação ao setor bancário, ele comentou que há expectativa de novas quedas no depósito compulsório dos bancos sobre depósitos à vista exigido pelo governo, ampliando o volume de recursos disponíveis para transações. Para a diretora de gestão da Fator Administradora de Recursos, Roseli Machado, um dos destaques deve ser o Unibanco. Entre as posições estratégicas para 2001, Roseli citou ainda a Sabesp.

Agencia Estado,

27 de dezembro de 2000 | 16h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.