Ações asiáticas caem após ganhos recentes

As ações asiáticas caíram nesta segunda-feira, dando uma pausa dos recentes ganhos, quando o apetite por risco do investidor aumentou devido a esperanças de que autoridades europeias adotarão ações decisivas para combater a crise da dívida da zona do euro nas próximas semanas.

Reuters

20 de agosto de 2012 | 08h01

Às 7h40 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão tinha estabilidade, depois de cair 0,2 por cento, puxado por ações chinesas. O índice já avançou 1,1 por cento até agora em agosto e está se aproximando da máxima de três meses atingida no começo do mês.

"Realmente chegou-se num ponto em que muitos investidores estão um pouco céticos se essa sequência irá continuar", afirmou o analista do IG Markets Stan Shamu, do mercado acionário australiano, que recuou da máxima de três meses em meio à falta de qualquer catalisador claro para puxar o mercado para cima. O índice teve queda de 0,13 por cento.

As ações de Hong Kong caíram 0,06 por cento, depois de recuarem 0,8 por cento mais cedo, e o índice de Xangai perdeu 0,38 por cento, chegando a cair para o menor nível em mais de três anos, depois que dados divulgados durante a semana mostraram que os preços de moradias na China subiram em julho pelo segundo mês. Isso incentivou um movimento de realização de lucros no setor imobiliário.

A bolsa de Taiwan caiu 0,48 por cento.

(Reportagem de Chikako Mogi; reportagem adicional de Victoria Thieberger em Melbourne, Joonhee Yu em Seul e Clement Tan em Hong Kong)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.