Ações asiáticas caem por preocupações com crescimento da China

As ações asiáticas devolveram nesta quinta-feira quase todos os ganhos que vinham acumulando, após dados terem mostrado que a atividade industrial da China encolheu pelo quinto mês consecutivo, renovando as preocupações com a desaceleração do crescimento na segunda maior economia do mundo.

REUTERS

22 de março de 2012 | 07h59

O PMI (índice de gerentes de compras) preliminar do HSBC, o primeiro indicador da atividade industrial da China a sair, caiu pra 48,1 em março ante a máxima em quatro meses atingida em fevereiro de 49,6, com novos pedidos caindo à mínima em quatro meses.

Na Alemanha, o setor industrial encolheu pela primeira vez neste ano, em março, na esteira da queda de novas encomendas, levantando preocupações sobre a resiliência do país à crise da zona do euro e encobrindo o otimismo com a aprovação do pacote de resgate da Grécia.

Às 7h48 no horário de Brasília, o índice MSCI para região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,2 por cento, após registrar ganhos de 0,6 por cento antes da divulgação dos dados chineses. O índice já acumula, no entanto, uma alta de 12 por cento no ano.

O índice Nikkei, do Japão, fechou em alta de 0,4 por cento neste pregão.

O índice de Seul encerrou em ligeira baixa de 0,05 por cento, enquanto o índice referencial de Xangai perdeu 0,10 por cento e Cingapura retrocedeu 0,88 por cento. Por outro lado, a bolsa de Taiwan subiu 0,98 por cento e o mercado avançou 0,22 por cento em Hong Kong

(Por Chikako Mogi)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.