Ações asiáticas fecham em alta, impulsionadas por otimismo com os EUA

As ações asiáticas fecharam em alta nesta quarta-feira depois que dados positivos sobre crescimento econômico nos Estados Unidos acalmaram os investidores sobre a perspectiva global em deterioração.

SHINICHI SAOSHIRO, REUTERS

26 de novembro de 2014 | 07h49

O governo norte-americano elevou sua leitura de Produto Interno Bruto (PIB) para ritmo anual de 3,9 por cento, ante os 3,5 por cento divulgados no mês passado. Economistas consultados pela Reuters haviam estimado que o crescimento seria cortado para 3,3 por cento.

"A diferença entre o PIB estimado e o real no terceiro trimestre foi grande", disse o analista da CMC Markets, em nota, Kasper Lawler, acrescentando que o que é cada vez mais importante a distância entre a economia dos EUA e a do resto do mundo, especialmente da Europa e do Japão.

Às 7h41 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,57 por cento. As ações na China atingiram novas máximas de três anos, auxiliadas pelos cortes nas taxas de juros feitas pelo banco central do país na última sexta-feira, enquanto que o índice japonês Nikkei recuou 0,14 por cento, pressionado pela alta no iene.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.