Ações asiáticas recuam, mas mercado japonês avança para nova máxima

Ações asiáticas recuam, mas mercado japonês avança para nova máxima

Especialistas esperam mais medidas de estímulo na economia nas próximas semanas

LISA TWARONITE, REUTERS

03 Dezembro 2014 | 07h49

As ações asiáticas fecharam em queda nesta quarta-feira, enquanto que o dólar atingiu nova máxima de sete anos contra o iene, ajudando o índice japonês Nikkei a encerrar o pregão alcançando uma máxima similar.

Às 7h43 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,22 por cento. O índice Nikkei de Tóquio, no entanto, teve alta de 0,32 por cento, longe de máximas da sessão mas ainda encerrando ao maior nível desde julho de 2007.

Duas pesquisas do Índice de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) mostraram que o setor de serviços da China cresceu um pouco mais rápido em novembro, embora não tenham banido temores de enfraquecimento da economia chinesa.

"Pressões sobre a economia ainda persistem", disse o economista do HSBC, em Hong Kong, Qu Hongbin, acrescentando que espera mais medidas de estímulo nas próximas semanas.

Mais conteúdo sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.