bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Ações asiáticas sobem com resultados corporativos fortes nos EUA

As ações asiáticas avançaram nesta quarta-feira, acompanhando a alta de mercados acionários globais devido a resultados corporativos sólidos nos Estados Unidos.

CHIKAKO MOGI, Reuters

24 de abril de 2013 | 07h51

As ações japonesas lideraram os ganhos entre as bolsas asiáticas, apoiadas por resultados positivos nos Estados Unidos e por uma pausa na valorização do iene, com o índice Nikkei atingindo o maior nível desde junho de 2008, encerrando em alta de 2,32 por cento.

O tom nos mercados acionários globais está, em geral, positivo, apesar de várias pesquisas fracas do setor industrial ao redor do mundo, refletindo a visão de investidores de que dados econômicos fracos justificam a manutenção do estímulo monetário por bancos centrais --encorajando o investimento em ações.

Às 7h43 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 1,38 por cento, liderado por um ganho de 1,72 por cento nas ações australianas, à medida que dados benignos de inflação fortaleceram o cenário para mais cortes de juros locais.

Após o encerramento do pregão em Wall Street na terça-feira, as ações da Apple avançaram, com a empresa reportando uma receita acima do esperado no segundo trimestre, de 43,6 bilhões de dólares.

O índice de Seul encerrou em alta de 0,87 por cento, o mercado avançou 1,73 por cento em Hong Kong e a bolsa de Taiwan expandiu 1,02 por cento. O índice referencial de Xangai ganhou 1,55 por cento e Cingapura subiu 1,17 por cento.

(Reportagem adicional de Thuy Ong em Sydney, Dominic Lau em Tóquio e Melanie Burton em Cingapura)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.