Ações asiáticas sobem e atingem máximas com especulação por BCE

As ações asiáticas subiram nesta quarta-feira para máximas que não vistas em quase sete anos, sustentadas por especulações de mais estímulos de política na zona do euro.

WAYNE COLE, REUTERS

27 de agosto de 2014 | 08h24

O chamado do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, por mais ação em ambos os frontes fiscal e monetário deixou os mercados apostando que novas medidas podem vir já na próxima semana, quando o conselho do banco central irá se reunir.

"As declarações levantaram expectativas de que o BCE pode anunciar ainda mais estímulos de política monetária nos próximos meses", disse o estrategista sênior de câmbio e juros do Commonwealth Bank of Australia Peter Dragicevich. "O próximo programa pode incluir amplas compras de ativos".

A perspectiva de mais injeções de liquidez na Europa foi tomada como algo positivo para mercados emergentes.

Às 7h48 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,37 por cento, tendo tocado seu maior nível desde janeiro de 2008. O índice japonês Nikkei fechou com alta de 0,09 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.