Ações asiáticas sofrem pressão; atenção se volta para Tailândia

As ações asiáticas enfraqueceram nesta terça-feira apesar de um desempenho sólido em Wall Street que sustentou os papéis japoneses.

LISA TWARONITE, Reuters

20 de maio de 2014 | 08h07

Às 7h56 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,37 por cento. Mas o índice japonês Nikkei foi contra a tendência de queda e seguiu os ganhos em Wall Street, fechando em alta de 0,5 por cento e quebrando uma sequência de quatro sessões de perdas.

Os investidores asiáticos continuaram a monitorar os acontecimentos na Tailândia, após notícias de que o exército declarou lei marcial depois de seis meses de protestos contra o governo.

A declaração de lei marcial tinha como objetivo restaurar a paz e a ordem e não constitui um golpe, disse à Reuters o vice-porta-voz do Exército, coronel Winthai Suvari.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.