Ações caem com investidores assustados com resgate ao Chipre

As ações asiáticas caíram nesta terça-feira, com investidores preocupados com uma disseminação do esquema de resgate do Chipre, após ralis iniciais devido ao acordo de última hora abrir caminho para realização de lucros.

CHIKAKO MOGI, Reuters

26 de março de 2013 | 08h10

"O mercado estava posicionado para um bom resultado devido ao Chipre, eles o tiveram e agora há realização de lucros", disse o analista-chefe de mercado do CMC Markets, Ric Spooner.

O índice Nikkei, do Japão, caiu 0,60 por cento, depois de ter encerrado em alta de 1,70 por cento no dia anterior.

Às 7h51, o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão anulou perdas iniciais e tinha oscilação positiva de 0,07 por cento, depois que o acordo do Chipre levantou os mercados em mais de 1 por cento na segunda-feira.

O setor de materiais liderava as quedas, com perda de 0,82 por cento, puxado por uma queda de 0,80 por cento do índice australiano, ao passo que investidores venderam papéis do setor de mineração e financeiro em resposta ao enfraquecimento dos preços de metais e da agitação na zona do euro.

As ações de Xangai perderam 1,25 por cento enquanto Hong Kong foi no sentido contrário e teve alta de 0,27 por cento. A bolsa de Taiwan ficou estável e Cingapura ganhou 0,64 por cento, enquanto as ações sul coreanas subiram 0,30 por cento.

(Reportagem adicional de Thuy Ong em Sydney e Clement Tan em Hong Kong)

Mais conteúdo sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.