Ações caem na Ásia com preocupações sobre Espanha e crescimento

As ações asiáticas caíram nesta quarta-feira, à medida que os investidores passaram a ignorar os efeitos de afrouxamento de bancos centrais, focando-se, em vez disso, nos desafios fiscais da Europa enquanto a Espanha enfrenta protestos contra medidas de austeridade.

Reuters

26 de setembro de 2012 | 08h18

"Apesar da grande liquidez nos mercados, os investidores continuam preocupados sobre se os fundamentos econômicos estão realmente melhorando", afirmou o analista do Daewoo Securities Kim Hak-kyun.

Os fluxos também eram guiados por ajustes de calendário, com este fim de semana vendo o final do mês, do terceiro trimestre e, no Japão, a primeira metade do ano fiscal.

Às 8h10 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,93 por cento, chegando a atingir o menor nível desde 14 de setembro.

O Banco Central Europeu (BCE) afirmou este mês que irá comprar títulos de países em dificuldade da zona do euro se eles solicitarem ajuda, enquanto o Banco do Japão, banco central do país, seguiu o exemplo do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, aumentando a compra de títulos para apoiar a economia.

Mas o rali do mercado foi rapidamente superado por preocupações com a deterioração das economias globais.

Protestos começaram terça-feira na Espanha antes do anúncio planejado de uma nova rodada de medidas de austeridade impopulares para o orçamento de 2013 na quinta-feira. A Espanha também deve estabelecer um novo cronograma para reformas econômicas no final desta semana.

Os mercados estão observando atentamente a capacidade de Madri de controlar suas finanças, com grandes dívidas regionais prejudicando os esforços de refinanciamento do governo. O país também está sujeito a revisões de rating pela agência de classificação de risco Moody's.

As ações australianas caíram 0,26 por cento, ao passo que preocupações com a recuperação econômica global prejudicaram a demanda da China por metais industriais, um grande setor de exportação da Austrália.

O índice Nikkei do Japão perdeu 2,03 por cento. Os papéis de Hong Kong caíram 0,83 por cento, enquanto as ações em Xangai recuaram 1,24 por cento. A bolsa de Cingapura cedeu 0,67 por cento e Taiwan recuou 0,83 por cento.

(Por Chikako Mogi)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.