Ações da América Latina Logística estréiam na Bovespa com alta

As ações da América Latina Logística (ALL) estrearam hoje na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) cotadas a R$ 50,50, com valorização de 8,60% frente ao preço de emissão (R$ 46,50). Às 16h09, bem próximo do horário de fechamento, as ações preferenciais (PN, sem direito a voto) da companhia estão em alta de 9,89%, cotadas em R$ 51,10.O presidente da ALL, Alexandre Behring, espera que o sucesso da abertura de capital da companhia abra caminho para que outras empresas de ferrovias ingressem no mercado de capitais. Ele acredita que a abertura do setor pode colaborar para o crescimento da participação das ferrovias na matriz de transportes do País.Atualmente, elas representam 20% da matriz brasileira, contra 50% nos Estados Unidos e Canadá. Quando desconsideradas as ferrovias operadas pela Vale do Rio Doce - destinadas basicamente ao transporte de minérios - a participação cai para apenas 9%.Behring reforçou o compromisso da companhia de continuar crescendo nos próximos anos. "Atuamos em um setor que ficou estagnado, e até regrediu, nos últimos 50 anos", lembrou. "Nos 7 anos de existência da ALL, conseguimos crescer 30% ao ano. E ainda há muito potencial para expansão nesse setor", garantiu.Quinta empresa em Governança CorporativaA ALL é a quinta empresa a ingressar no nível 2 da Governança Corporativa ? sistema que garante o tratamento igualitário entre os acionistas, além de transparência e responsabilidade na divulgação dos resultados da empresa ? da Bovespa, logo após a Gol Linhas Aéreas Inteligentes, que estreou ontem com alta de 5,38% (R$ 28,00). A oferta da ALL foi encerrada ontem, com 11,5 milhões de ações vendidas, ao preço de R$ 26,50 a unidade. A ALL é concessionária de ferrovias do Centro-Sul do Brasil e de parte da Argentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.