Ações da Net registram forte queda com reestruturação da dívida

As ações preferenciais (PN, sem direito a voto) da Net operavam hoje com forte queda. Às 14h07, os papéis da companhia são vendidos a R$ 0,76, em baixa de 13,64% em relação aos últimos negócios de sexta-feira. As ações da companhia despencaram 23,86% na abertura, para R$ 0,67, e chegaram a atingir mínima de R$ 0,60, equivalente a uma perda de 31,82%.Hoje, a Telmex anunciou a compra de uma fatia na Net, valor que pode variar de US$ 250 milhões a US$ 370 milhões. O preço final dependerá do resultado da reestruturação da Net. Em comunicado oficial, a Telmex informou que comprará ações da Net e de uma nova companhia holding. Com o negócio, a empresa mexicana espera deter de 30% e 60% das ações da Net, incluindo a sua participação no estoque acionário da nova empresa holding (veja mais informações sobre a operação no link abaixo).O processo de reestruturação da dívida da companhia, que está inadimplente desde dezembro de 2002, deve estar totalmente concluído até novembro, afirmou o diretor-geral da empresa, Francisco Valim. Ele afirmou que a reestruturação da dívida não depende da entrada da Telmex no capital da empresa. "Só ficamos sabendo do acordo da Telmex com nosso controlador na sexta-feira à tarde", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.