Ações da Petrobras disparam após nova área na Bacia de Santos

Anúncio de reservas estimadas do campo 'Pão de Açúcar' leva ações a subirem mais de 6% e ajuda Bovespa

Agência Estado,

14 de abril de 2008 | 13h16

As ações da Petrobras reverteram as perdas da manhã e registravam alta de mais de 6% no início da tarde, após a notícia do diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Haroldo Lima, de que a área chamada "Pão de Açúcar", localizada na Bacia de Santos, pode acumular até cinco vezes o volume de petróleo encontrado pela Petrobras no campo de Tupi.  Com a alta, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que registrava queda de mais de 1% desde o começio do pregão, puxada pelos mercados internacionais, chegou a subir 0,03%.   Veja também: Área na Bacia de Santos pode ter até 5 vezes o volume de Tupi A história e os números da Petrobras A maior jazida de petróleo do País A exploração de petróleo no Brasil   Segundo ele, informações preliminares das empresas concessionárias que estão operando na área indicam que este volume poderia chegar até 33 bilhões de barris de óleo recuperáveis. "Se isso for confirmado, será a maior descoberta já feita no mundo, que poderá se transformar no terceiro maior campo de produção de petróleo no mundo", disse o diretor em apresentação no 4º Seminário de Petróleo e Gás no Brasil, promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).   Às 13h, Petrobras ON subia 6,19% e as ações preferenciais (PN) ganhavam 5,66%.

Tudo o que sabemos sobre:
`PetrobrasPetróleoPão de Açúcar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.