Ações da Yukos sobem com sinal de reestruturação da dívida

As ações da companhia petrolífera russa Yukos tinham uma expressiva alta de 13% nessa manhã, na Bolsa de Moscou, em resposta a sinais de que o governo estaria disposto a negociar a dívida tributária da empresa. Segundo a agência de notícias Tass, o vice-ministro de Finanças, Sergei Shatalov, afirmou que a lei russa permite, em teoria, reestruturar as dívidas fiscais da Yukos."A questão da reestruturação pode ser decidida em agosto", disse Shatalov. "Até lá, teremos um novo orçamento e uma nova lei poderá ser aprovada permitindo que apenas as autoridades tributárias decidam sobre o repagamento em prestações", completou.No entanto, o ministro ressaltou que estava falando em uma hipótese. Os comentários foram feitos um dia após a Yukos ter confirmado que recebeu uma notificação de bancos comerciais credores sobre o default (calote) de parte de um empréstimo de US$ 1 bilhão.A companhia se defendeu, afirmando que o governo russo a colocou em insolvência artificial, ao se recusar a negociar um prazo para o pagamento de US$ 3,4 bilhões em tributos devidos de 2000 e multa sobre o atraso. A empresa também enfrenta uma queixa adicional sobre impostos atrasados de 2001, no valor de US$ 3,37 bilhões. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.