Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Ações de bancos irlandeses saltam por planos de 'bad bank'

As ações dos dois principais bancos da Irlanda subiam expressivamente após o parlamento irlandês concluir o estágio de negociações do comitê para aprovar o plano "bad bank" (Nama), suavizando temores de que enfrenta um atraso.

REUTERS

30 de outubro de 2009 | 09h09

"A conclusão do estágio do comitê nesta manhã deixa o Nama a caminho da aprovação até meados de novembro, com o início das transferência de empréstimos antes do final do ano ainda em meta", disse Emer Lang, analista do Davy.

Analistas disseram que uma emenda para substituir um imposto que incide sobre os bancos deve fazer o Nama registrar prejuízo com uma sobrecarga tributária corporativa também positiva.

A cobrança somente seria feita se os bancos foram lucrativos.

"Na teoria, isso deve permitir aos bancos irlandeses gerar mais capital quando criticamente necessário, aumentando os níveis de Core Tier no ponto crítico do ciclo", disseram analistas do Bloxham em uma nota.

O ministro de Finanças da Irlanda, Brian Lenihan, afirmou que a Comissão Europeia apoiou os planos do país para o setor bancário.

As ações dos bancos irlandeses despencaram no começo desta semana, após o colapso do ING levantar temores de que reguladores da União Europeia adotariam postura rígida sobre outros.

Às 9h02 (horário de Brasília), os papéis do Bank of Ireland saltavam 12,79 por cento, enquanto os do Allied Irish Banks ganhavam 6,15 por cento.

(Reportagem de Andras Gergely)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSIRLANDAACOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.