Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Ações de despejo aumentam 17,8% em agosto em SP

O volume de ações de despejo contra inquilinos inadimplentes na capital paulista registrou alta em agosto, após forte queda em julho. Levantamento mensal organizado pela administradora de condomínios Hubert, com dados do Fórum de Justiça de São Paulo, indica que o número de processos ajuizados por falta de pagamento do aluguel cresceu 17,85% em agosto (1.789 ações), ante 1.518 ações ajuizadas em julho. A queda em julho havia sido de 23,87% ante junho, depois de três meses consecutivos de alta.

GUSTAVO URIBE, Agencia Estado

01 de outubro de 2009 | 16h21

Na avaliação do diretor da administradora de condomínios, Hubert Gebara, a recuperação econômica e a volta da oferta de emprego levam os locadores a buscar novos inquilinos que firmem contratos de alugueis mais vantajosos. "É uma oportunidade de ganhar com a volta da calmaria", ressalta. Ele diz que muitos locadores estão recorrendo agora à Justiça em busca de aluguéis não pagos durante o período de agravamento da recessão mundial. De acordo com Gebara, de janeiro a agosto o volume desse tipo de processo aumentou 9,8% em relação ao mesmo período de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
imóveisalugueldespejoinadimplência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.