Ações do Google ultrapassam US$ 400

As ações do Google superaram nesta manhã US$ 400, mais de quatro vezes o preço de venda inicial ao público dos títulos, que foram lançados ao mercado a US$ 85 em agosto do ano passado. Na manhã de hoje as ações da companhia subiam US$ 4,15 ou 1% a US$ 402,3, com o que sua valorização de mercado se aproximava aos US$ 117 mil, mais que o dobro do seu rival Yahoo. A valorização de mercado do Google supera também a de grandes companhias do setor informático, como Dell, Hewlett-Packard e Cisco Systems, e se aproxima de outras como IBM, que vale na bolsa US$ 137 bilhões, ou Intel, cuja avaliação é de aproximadamente US$ 150 bilhões. Também é maior seu valor de mercado que do gigante dos meios de comunicação Time Warner, que vale na bolsa aproximadamente US$ 81 bilhões, embora ainda esteja muito longe das maiores companhias na bolsa, como General Electric (US$ 364 bilhões) ou Microsoft (US$ 296 bilhões). Movimento normal Há vários dias, as ações do Google rondavam os US$ 400, e os analistas explicam que a escalada de hoje não responde a razões específicas ou notícias particulares da empresa ou do setor. Seu valor de US$ 400 a transforma em uma das ações de maior avaliação no Nasdaq, mas os analistas acreditam que o valor do Google é justo, pois corresponde a cerca de 45 vezes o lucro anual por ação da companhia, o que inclusive é menos que a valorização do Yahoo, cujas ações são negociadas a 50 vezes seus lucro. Hoje, o Google também anunciou que abrirá dois escritórios na América Latina, em São Paulo e na Cidade do México, de onde espera oferecer serviços para toda a região.

Agencia Estado,

17 Novembro 2005 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.