Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Ações europeias fecham em ligeira queda com dados dos EUA

As ações europeias fecharam com ligeira queda nesta quarta-feira de poucas transações, com o principal índice do continente mantendo-se próximo de um nível de suporte, depois de testá-lo brevemente, com queda de papéis do setor financeiro após dados de fracas vendas de moradias usadas nos Estados Unidos, com que

REUTERS

21 de março de 2012 | 14h51

O índice FTSEurofirst, que reúne as principais ações europeias, encerrou o dia praticamente estável com oscilação negativa de 0,16 por cento a 1.091,74 pontos.

O índice bancário STOXX Europe 600 Banks foi o setor de pior performance, fechando em queda de 0,9 por cento, após dados sobre revendas de domicílios nos Estados Unidos caírem inesperadamente.

"Menos vendas de domicílios nos Estados Unidos significam menos progresso na reversão de posições negativas das ações, o que aumenta a chance de que haja mais empréstimos ruins nas folhas de balanços de bancos no futuro", disse Guy Foster, chefe de estratégia de portfólio no Brewin Dolphin.

"Isso fez com que o setor financeiro se torne menos atrativo".

Os ganhos da ação do Repsol após o governo argentino negar que tem planos de nacionalizar sua empresa de energia YPF, e notícias que superaram espectativas a respeito de negociações da J Sainsbury ajudaram a fornecer algum apoio ao índice.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,01 por cento, a 5.891 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,23 por cento, para 7.071 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,1 por cento, para 3.527 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,29 por cento, para 16.734 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 0,89 por cento, para 8.490 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 0,29 por cento, para 5.659 pontos.

(Por Joanne Frearson)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.