Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Ações européias seguem EUA e têm maior alta em 3 semanas

As bolsas de valores européias subiramnesta terça-feira e recuperaram parte das perdas das duasúltimas sessões, com o principal índice registrando a maioralta em mais de três semanas em meio ao aumento dasexpectativas de corte no juro dos Estados Unidos. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst300, que reúne as principais ações das empresas européias,fechou em alta de 1,71 por cento, a 1.507 pontos, serecuperando de uma queda de 3 por cento acumulada nas últimasduas sessões. Bancos abalados recentemente pela turbulência nos mercadosfinanceiros, como Barclays e HBOS, mineradoras e petrolíferaslideraram a lista de ganhos. "A grande questão é se isso (crise no crédito imobiliário)é suficientemente ruim para desacelerar dramaticamente o PIB(Produto Interno Bruto) global ou levar os Estados Unidos parauma recessão", disse Andrea Williams, diretora de açõeseuropéias da Royal London Asset Management. "No momento, acreditamos que isso não leva os EstadosUnidos para uma recessão. E portanto ainda temos, em algumnível, um viés industrial nos portfólios." As ações da Ericsson subiram 5,4 por cento depois que afabricante de redes de telecomunicações desenhou um cenáriopositivo das condições atuais do mercado e afirmou que estáganhando participação de mercado em todas as áreas. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 2,39por cento, a 6.280 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,12 por cento, para 7.457pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 avançou 1,72 por cento, para5.478 pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em alta de 1,11 porcento, a 30.392 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou ganho de 1,74 porcento, para 13.965 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve valorização de 0,9 porcento, para 12.306 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.