finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Ações europeias sobem por dados econômicos e resultados corporativos espanhóis

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, subiu 0,46 por cento, a 1.381 pontos

FRANCESCO CANE, REUTERS

24 de julho de 2014 | 15h01

As bolsas europeias fecharam em alta nesta quinta-feira, com indicadores econômicos melhores que o esperado e resultados corporativos espanhóis fortes injetando algum otimismo sobre a recuperação da região.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, subiu 0,46 por cento, a 1.381 pontos.

Pesquisa mostrando que o setor privado da zona do euro expandiu-se no ritmo mais rápido em três meses em julho ajudou a dissipar preocupações de investidores com uma série de dados decepcionantes nos últimos meses.

"As pessoas estavam tendo reações exageradas a alguns dos números mais fracos", disse o diretor do grupo de estratégia de investimentos Vanguard, Peter Westaway, destacando que fatores sazonais e tensões geopolíticas na Ucrânia pesaram sobre as pesquisas recentes.

"A recuperação está em andamento, mas é fraca", acrescentou.

O índice espanhol foi impulsionado pelos resultados dos bancos de médio porte Banco Sabadell e Bankinter, que mostraram que o lucro líquido proveniente de empréstimos subiu em ritmo mais rápido que o esperado no segundo trimestre.

Isso, por sua vez, sinalizou recuperação sustentada do setor bancário do país. As ações dos bancos subiram 4,7 por cento e 1,3 por cento, respectivamente.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,34 por cento, a 6.821 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,42 por cento, a 9.794 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,78 por cento, a 4.410 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 2,04 por cento, a 21.255 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,89 por cento, a 10.860 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,42 por cento, a 6.467 pontos.

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 5644 7757)) REUTERS BBF CMO

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.