Ações europeias têm maior alta diária desde outubro

O principal índice das ações europeias teve a maior alta diária em um mês nesta segunda-feira, puxado pelas ações de bancos e seguradoras com a esperança de que os líderes da zona do euro divulguem novas medidas para ajudar a resolver a crise da dívida da região antes de uma cúpula na semana que vem.

REUTERS

28 de novembro de 2011 | 15h30

O índice FTSEurofirst 300 avançou 3,63 por cento, para 940 pontos. Foi a maior alta desde 27 de outubro. Ainda assim, o índice acumula queda de mais de 5 por cento em novembro.

A Alemanha e a França aumentaram nesta segunda-feira os esforços para que orçamentos nacionais possam ser rejeitados caso descumpram as regras da União Européia. Os ministros das Finanças da zona do euro se encontram na terça-feira para aprovar detalhes do processo de alavancagem do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (EFSF, na sigla em inglês).

No entanto, alguns estrategistas apontaram para o baixo volume e disseram que a recente fraqueza do mercado atraiu compradores e foi o principal fator para a alta.

"Houve um pouco de busca por pechinchas. O mercado ficou vendido demais nas últimas semanas e alguns dos setores mais cíclicos do mercado pareceram precificar os piores medos", disse O gestor de fundos da Invesco Perpetual, Erik Esselink, que tem 5 bilhões de euros em gestão.

A ação do BNP Paribas subiu 10,3 por cento. O índice bancário STOXX Europe 600 teve alta de 5,67 por cento, mas ainda acumula queda de 36,5 por cento em 2011.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 2,87 por cento, a 5.312 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 4,6 por cento, para 5.745 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 5,46 por cento, para 3.012 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em alta de 4,6 por cento, a 14.578 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou valorização de 4,59 por cento, para 8.119 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve ganho de 2,83 por cento, para 5.353 pontos.

(Reportagem de Brian Gorman)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.