finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Ações européias têm mínima em 5 meses por tensão com crédito

O principal índice das ações européiasfechou praticamente estável, mas ficou em terreno negativo pelaquinta sessão seguida com a aversão ao risco ainda em níveiselevados por causa dos problemas no setor de crédito. O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais açõesdas empresas européias, recuou 0,15 por cento, para 1.517pontos. O índice acumula queda de 5,7 por cento nos últimoscinco pregões. Os bancos estiveram entre os destaques negativos depois queo índice iTraxx Crossover, usado como indicador da confiançapara crédito na Europa, atingiu patamares recordes. O SocieteGenerale caiu 1,8 por cento, e o Santander e o BBVA perderam 1por cento cada. "O que estamos vendo é as pessoas lembrarem que o riscoexiste", disse Andrew Lynch, gestor de fundos europeus daSchroders. "Aquisições alavancadas que estavam sendo feitas e ofertaspúblicas iniciais de ações sugeriam que o apetite das pessoaspor risco estava alto, e agora estamos começando a ver que oapetite pelo risco diminuiu de novo", acrescentou. Fusões e aquisições tem sido uma das principais causas davalorização acumulada das ações neste ano. As ações do Commerzbank caíram quase 3 por cento depois queo banco alemão disse esperar perdas de 80 milhões de eurosrelacionadas ao setor de crédito imobiliário de risco dosEstados Unidos. Os papéis do banco alemão IKB despencaram 20 por centodepois que emitiu alerta de lucro ligado ao mercado de créditode risco. Entre os principais avanços, o HSBC, maior banco da Europa, subiu 1,4 por cento após informar lucro antes de impostosacima do esperado. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de0,15 por cento, a 6.206 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,06 por cento, para7.456 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 teve ligeira alta de 0,04 porcento, para 5.646 pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel teve oscilação negativa de 0,02por cento, a 31.137 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,55 porcento, para 14.507 pontos. Já em LISBOA, o índice PSI20 teve alta de 0,81 por cento,para 13.356 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.