Ações japonesas recuam por preocupações com crescimento mundial

Ações japonesas recuam por preocupações com crescimento mundial

Investidores retiraram parte de seus recursos antes de temporada de resultados nos EUA

HIDEYUKI SANO, REUTERS

14 de outubro de 2014 | 07h53

As ações japonesas recuaram para mínimas de dois meses nesta terça-feira conforme preocupações elevadas sobre a saúde da economia mundial desanimaram investidores, levando a uma mudança em fundos para ativos considerados mais seguros, como títulos dos Estados Unidos.

O índice japonês Nikkei caiu 2,4 por cento, atingindo níveis vistos pela última vez em meados de agosto, na reabertura do mercado após feriado na segunda-feira.

Outras ações regionais tiveram melhor sorte, com o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançando 0,12 por cento às 7h46 (horário de Brasília) graças à caça por barganhas, embora a alta aconteça apenas após queda de mais de 10 por cento desde o começo de setembro.

"Há riscos para a economia global de modo geral. E a reunião do G20 no último fim de semana mostrou que não existe uma panaceia para levantar a economia", disse Hirokazu Kabeya, estrategista sênior da Daiwa Securities .

A sombra de uma possível recessão na Europa, uma desaceleração na China e o crescimento lento no Japão levaram investidores a tirar parte de seus recursos das ações antes das temporadas de resultados nos Estados Unidos e outros lugares.

O Federal Reserve, banco central dos EUA, deve encerrar seu esquema de compra de títulos no fim deste mês --outro motivo para que investidores sejam cautelosos com ações, uma vez que a conclusão dos dois programas anteriores de "quantitative easing" do Fed causaram uma grande correção nos papéis de Wall Street.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.