Ações na Europa caem mais de 2%, mineradoras e bancos pesam

As ações européias fecharam em quedade mais de 2 por cento nesta segunda-feira, puxadas pela fortedesvalorização das ações de mineradoras, como a Anglo American,e do setor financeiro, incluindo o UBS, em meio às continuaspreocupações sobre o impacto da crise do crédito. Segundo dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300, quereúne as principais ações das empresas européias, caiu 2,05 porcento, para 1.463 pontos, seu menor nível desde 6 de agosto. O índice europeu caiu pela terceira sessão consecutiva. Em Londres, o índice Financial Times fechou em queda de2,71 por cento, a 6.120 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX recuou 1,32 por cento, para7.511 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 caiu 1,65 por cento, para 5.432pontos. Em Milão, o índice Mibtel encerrou em baixade 2,46 por cento, a 29.005 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 1,46por cento, para 15.539 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 teve baixa de 1,41 por cento,para 12.901 pontos. (Por Peter Starck)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.