Ações sobem com bancos; foco segue no Fed

As bolsas européias fecharam em altanesta quarta-feira, no mais alto patamar em duas semanas, àmedida que fortes dados norte-americanos melhoraram o ânimoantes da decisão do Federal Reserve sobre a taxa de juro. Segundo dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300, quereúne as principais ações das empresas européias, subiu 0,75por cento, para 1.593 pontos. No mês, o ganho foi de 2,8 porcento. As ações do setor bancário subiram, à medida que osinvestidores se sentiram aliviados com resultados do DeutscheBank . As ações do banco alemão subiram 3,3 por cento, enquantoo Credit Suisse tiveram valorização de 1,1 por cento e oSociete Generale teve alta de 2,3 por cento. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,94por cento, a 6.721 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,52 por cento, para8.019 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 0,76 por cento, para 5.847pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em alta de 0,82 porcento, a 31.533 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou valorização de 0,68por cento, para 15.890 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve leve alta de 0,14 por cento,para 13.005 pontos.

REUTERS

31 de outubro de 2007 | 15h14

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.