Ações têm queda percentual recorde

As ações européias tiveram queda percentual recorde em um único dia nesta segunda-feira, afundando para o menor patamar de fechamento em quatro anos, à medida que os investidores liquidavam ações e Wall Street despencava. O índice FTSEurofirst 300 desabou 7,75 por cento, para 1.004 pontos, superando a queda de 6,3 por cento de 11 de setembro de 2001, dia dos ataques que destruíram o World Trade Center em Nova York. O índice chegou a cair brevemente abaixo da marca de 1.000 pela primeira vez desde o final de 2004, pouco depois de o índice Dow Jones ter recuado abaixo dos 10.000 pontos em Wall Street. "É uma queda livre. A perspectiva ainda é de tendência de baixa e nós não estamos próximos do fundo. Não há razão para comprar nada no momento. O spread entre os preços de compra e venda ainda é enorme", disse Nicole Elliott, analista técnico da Mizuho Securities. As ações de bancos e de commodities apresentaram as maiores perdas do índice, com os papéis do Royal Bank of Scotland despencando 20 por cento, os do Barclays desabando 13,8 por cento e os do UBS mergulhando 12,4 por cento. Os papéis do BP e da Total e Royal Dutch Shell recuaram entre 7,7 e 8,9 por cento. "As pessoas decidiram que os mercados não são capazes de se recuperar e os políticos não têm controle sobre esse processo", disse John Haynes, estrategista da Rensburg Sheppard Investment Management. "Os compradores se retiraram, e os vendedores ainda estão lá." Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em forte queda de 7,85 por cento, a 4.589 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX despencou 7,07 por cento, para 5.387 pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 desabou 9,04 por cento, para 3.711 pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em baixa de 8,24 por cento, a 17.976 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 6,06 por cento, para 10.726 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 mergulhou 9,86 por cento, para 6.954 pontos. (Reportagem de Sitaraman Shankar e Atul Prakash)

REUTERS

06 Outubro 2008 | 14h04

Mais conteúdo sobre:
BOLSA EUROPA FECHA ATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.