Ações: veja algumas indicações de analistas

O principal cuidado na compra é verificar os fundamentos das empresas, afirma Luiz Antonio Neves, analista da Planner Corretora de Valores. É claro que existem boas oportunidades entre os papéis com preços baixos, como a Aracruz PNB, que deve continuar rentável em 2001. Mas, para certificar-se disso, é preciso avaliar o desempenho de cada empresa. Por isso, antes de fazer a opção, é interessante procurar o auxílio de um profissional que acompanhe o mercado. Uma das indicações da corretora para os investidores é o papel da Cesp. Os analistas indicam a compra da ação preferencial (PN, sem direito a voto) porque apostam na privatização da Cesp Paraná. É que grande parte do endividamento da empresa vem da Usina Sérgio Motta, que pertence à Cesp Paraná. Ao vendê-la, a empresa passará a ser mais competitiva.No setor de telecomunicações, a aposta é grande porque existe uma forte tendência de que as operadoras fechem o capital internamente e, com isso, os acionistas poderão fazer a troca dos papéis por ADRs (recibos de empresas estrangeiras negociados aqui com lastro em ações da empresa negociadas no exterior). Com isso, os investidores passam a ter em mãos, na prática, ações valorizadas no mercado externo.Outra ação que deve ser observada com atenção, segundo gerente de Finanças da Socopa Corretora, Gregorio Mancebo, é a da Embraer. "Em momentos de oscilações, torna-se interessante comprar ações de empresas exportadoras e a Embraer exporta 95% da sua produção." Além disso, a fabricante de aeronaves possui uma carteira de pedidos para os próximos três anos que deve garantir um lucro bastante significativo.Fundos de açõesInvestidores que não possuem tempo, recursos ou conhecimento para analisar se os papéis de uma empresa são, de fato, promissores podem recorrer às aplicações em fundos de ação. Nesse caso é o gestor do fundo quem faz a escolha e acompanha periodicamente a evolução do preço das ações, trocando-as sempre que necessário. Mas o investidor deverá pagar mensalmente uma taxa de administração por esse trabalho. Veja no link abaixo mais informações sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.