PANTELIS SAITAS/EFE
PANTELIS SAITAS/EFE

Acordo com credores levará tempo, afirma primeiro-ministro da Grécia

Em entrevista à imprensa junto do presidente do Parlamento Europeu, Alexis Tsipras garante que dará estabilidade ao país; novo premiê grego afirma que seu governo tem um 'extenso plano de reformas'

O Estado de S. Paulo

29 de janeiro de 2015 | 17h59

ATENAS - O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, afirmou que um acordo com os credores do país levará tempo e que seu governo vai garantir a estabilidade. Em entrevista à imprensa junto com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, Tsipras disse que seu governo tem um "extenso plano de reformas" e que todos que apostam contra ele "vão perder".

O novo premiê grego reiterou que durante os últimos quatro anos a população do país viveu o fracasso de um programa de desvalorização interna e pagou pela recusa da elite em pagar seus impostos. "Eu garanti a Schulz que estamos determinados a colocar um fim nisso. Também garanti que nós temos um amplo plano de reformas para o Estado e a administração pública e que vamos lidar com as causas internas da crise", declarou Tsipras.


"Ao mesmo tempo, nós temos um plano para voltar ao crescimento sem insistir na equivocada política de austeridade e sem criar novos déficits", acrescentou o premiê. O líder do partido radical de esquerda Syriza disse que tem conversado com parceiros europeus com o objetivo de encontrar "uma solução geral e mútua em termos de interesses comuns". "É óbvio que essa deliberação precisará de tempo para ser substancial e ter resultados benéficos mútuos", disse Tsipras.

O primeiro-ministro afirmou ainda que seu governo "está negociando com segurança e garante estabilidade". "Aqueles que investem no contrário, tenham certeza, serão desmentidos." / COM INFORMAÇÕES DO MARKET NEWS INTERNATIONAL

Tudo o que sabemos sobre:
Alexis TsiprasGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.