Acordo com Volks prevê recall do Fox em 30 dias, diz promotor

Montadora deve anunciar em até 48 horas que busca solução técnica para rebatimento do banco traseiro

Lu Aiko Otta, da Agência Estado,

14 de abril de 2008 | 19h12

A Volkswagen e os órgãos de defesa do consumidor fecharam nesta segunda-feira, 14, um acordo para o recall dos modelos Fox, informou o promotor de Justiça do Ministério Público de São Paulo, Ruimar de Lima. Ele deu a informação após participar de reunião, no Ministério da Justiça, com o diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), Ricardo Morishita, com o diretor-jurídico da Volkswagen, Eduardo Barros, e com representantes do Ministério Público Federal (MPF) e dos ministérios públicos dos Estados de São Paulo e Santa Catarina. Veja também:Defeito do Fox pode levar ainda 2 meses para ser resolvidoGoverno decide obrigar Volks a fazer recall do FoxCaso do Fox foi levado a Lula em junho de 2006VW instala peça para resolver problema em porta-malas do Fox Pelo acordo, a Volks anunciará em até 48 horas que está buscando uma solução técnica para o rebatimento do banco traseiro do Fox de forma a evitar acidentes.  O recall, segundo Ruimar de Lima, deverá ser iniciado em 30 dias, prorrogáveis por mais 30 dias, para solução do problema, que teria causado mutilação nos dedos de alguns proprietários do Fox. Ainda nesta segunda-feira, a Volks divulgará uma nota sobre o acordo. O promotor disse que a montadora se comprometeu, também a recolher R$ 3 milhões para o Fundo Nacional de Direitos Difusos Lesados. Com o acordo, fica arquivado o processo administrativo aberto pelo DPDC, do Ministério da Justiça, e os processos administrativos abertos pelo Ministério Público Federal e por Ministérios Públicos de Diversos Estados, como São Paulo e Santa Catarina.  Lima explicou há pouco, em Brasília, que o arquivamento poderá ser suspenso caso se verifique que o acordo não foi cumprido.

Tudo o que sabemos sobre:
FoxrecallVolkswagen

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.